O Lado Bom da Vida / de confuso e louco, todo mundo tem um pouco

o lado bom da vida - pipoca cafe e cinema

Tão louco e confuso quanto os seus protagonistas, O Lado Bom da Vida (Silver Linings Playbook) é um filme que pode ser considerado bom e ruim ao mesmo tempo.

É bom ver o Bradley Cooper e a Jennifer Lawrence trabalhando juntos, gostei bastante da atuação dela em Jogos Vorazes, mas antes disso ela já tinha mandado muito bem sendo a Mística no filme X-Men: Primeira Classe. O Bradley Cooper eu gosto desde Se Beber Não Case e Sem Limites, que são os meus favoritos dele, entre outros filmes que eu adoro.

Mas o que esperar de um filme que pode ser rotulado como comedia dramática, drama e também como comedia romântica?

Apesar do titulo ser otimista, a pouco de otimismo em esperar de um filme que explora a literatura, manias, depressão, manicômio, traição, morte, apostas e loucura. O lado bom do filme está em ver o otimismo daqueles que tem problemas em superar os desafios, ou dos diálogos estranhos e confusos, porem engraçados. E de um final que pode, e vai, te emocionar. Não por ser um romance, e sim porque é emocionante ver as pessoas vencendo, isso faz o filme ser bom. Eu nem preciso dizer que chorei né? rs , pois é, apesar de eu ter achado o filme ruim por ter diálogos rápido e confusos, de ser tão estranho e louco eu gostei no final das contas.

O filme conta a historia de Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) que por conta de algumas atitudes erradas que deixaram as pessoas de seu trabalho assustadas, ele perdeu quase tudo na vida: sua casa, o emprego e o casamento. Depois de passar um tempo internado em um sanatório, ele acaba saindo de lá para voltar a morar com os pais. Decidido a reconstruir sua vida, ele acredita ser possível passar por cima de todos os problemas do passado recente e até reconquistar a ex-esposa. Embora seu temperamento ainda inspire cuidados, um casal amigo o convida para jantar e nesta noite ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma mulher também problemática que poderá provocar mudanças significativas em seus planos futuros.

Fora isso você precisa saber que este filme foi baseado num livro, que tem o mesmo nome do filme. E que ele teve OITO indicações para o Oscar:

– Melhor Filme
– Melhor Ator
– Melhor Atriz
– Melhor Ator Coadjuvante
– Melhor Atriz Coadjuvante
– Melhor Diretor
– Melhor Roteiro Adaptado
– Melhor Montagem

Apesar de ter gostado de ver o Bradley Cooper e a Jennifer Lawrence atuarem juntos, não acho que eles são dignos do prêmio de melhor ator/atriz. A atuação foi boa, mas nada, além disso. Melhor filme? O filme é bom, mas duvido que consiga ser o melhor.

Mas isso não são motivos para você deixar de assistir ele, mesmo porque tenho uma teoria sobre filmes Oscar, eles são sempre estranhos e confusos e esse entra nesta categoria rs. Isso faz dele um filme ruim, mas achei-o bom por explorar doenças mentais de uma forma romântica.

Uma curiosidade: o casal protagonista inicialmente seria interpretado pelo Mark Wahlberg e a Anne Hathaway, que eu achei bom ter sido trocado. Não pela Anne Hathaway, e sim pelo Mark Wahlberg que depois de ver ele no filme TED ele passou a me irritar um pouco.

Então é isso, eu indico O Lado Bom da Vida e espero vocês assistirem e me dizerem o que acharam, ele entra para os #100filmesquedevemosver   2013.

Por enquanto é só pessoal, até a próxima!

5 comentários sobre “O Lado Bom da Vida / de confuso e louco, todo mundo tem um pouco

  1. A questão dos diálogos e até a edição ser “um pouco confusa” acredito ser proposital, para nos tentar passar exatamente a sensação do que é a mente do personagem principal: confusa e por vezes acelerada! Acho isso muito inteligente da parte do diretor

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s