Django Livre / faroeste com toque de Quentin Tarantino

django livre pipoca café e cinema

Decidi começar a falar deste filme usando uma palavra para descreve-lo: excelente

Sim, mais uma vez Tarantino nós deslumbra com a sua arte, Django Livre (Django Unchained) com certeza é o melhor filme de faroeste que eu já. Se você não gosta de filmes de faroestes  não tem problema, pois há outros grandes motivos para você ver este filme. A direção impecável é uma delas, seguido com uma ótima atuação deSamuel L. Jackson eLeonardo DiCaprio, finalizando com uma historia envolvente, sangrenta e cheia de boas referencias que fazem valer as suas 2 horas e 45 minutos de filmes.

Racismo é sempre um bom tema a ser discutido num filme, racismo e faroeste então é a combinação perfeita, ainda mais se tiver todos os elementos, acima citados, envolvidos. Preciso também elogiar a atuação de Christoph Waltzque faz você entrar e sentir o clima faroeste logo de cara, além de criar ótimas situações e frases engraçadas, que vão te fazer rir. Christoph Waltz levou o Oscar como melhor ator coadjuvante em Django Livre e o Quentin Tarantinolevou o de melhor roteiro original, os dois super merecidos.

Django Livre (Django Unchained)

Django (Jamie Foxx) é um escravo liberto cujo passado brutal com seus antigos proprietários leva-o ao encontro do caçador de recompensas alemão Dr. King Schultz (Christoph Waltz). Schultz está em busca dos irmãos assassinos Brittle, e somente Django pode levá-lo a eles. O pouco ortodoxo Schultz compra Django com a promessa de libertá-lo quando tiver capturado os irmãos Brittle, vivos ou mortos.

Ao realizar seu plano, Schultz libera Django, embora os dois homens decidam continuar juntos. Desta vez, Schultz busca os criminosos mais perigosos do sul dos Estados Unidos com a ajuda de Django. Dotado de um notável talento de caçador, Django tem como objetivo principal encontrar e resgatar Broomhilda (Kerry Washington), sua esposa, que ele não vê desde que ela foi adquirida por outros proprietários, há muitos anos.

A busca de Django e Schultz leva-os a Calvin Candie (Leonardo DiCaprio), o dono de “Candyland”, uma plantação famosa pelo treinador Ace Woody, que treina os escravos locais para a luta. Ao explorarem o local com identidades falsas, Django e Schultz chamam a atenção de Stephen (Samuel L. Jackson), o escravo de confiança de Candie. Os movimentos dos dois começam a ser traçados, e logo uma perigosa organização fecha o cerco em torno de ambos. Para Django e Schultz conseguirem escapar com Broomhilda, eles terão que escolher entre independência e solidariedade, sacrifício e sobrevivência.

3 comentários sobre “Django Livre / faroeste com toque de Quentin Tarantino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s