O Casamento do Meu Melhor Amigo #100filmesquedevemosver

O Casamento do Meu Melhor Amigo pipoca, café e cinema

Se você procura um romance com muitas cenas engraçadas recomendo O Casamento do Meu Melhor Amigo. Típico filme que não vai acrescentar muito, mas com certeza é do tipo que, se está passando na televisão, qualquer um para e assiste até o final.

São muitas cenas divertidas entre elas a do jantar,  que até virou um hit, em que toda a mesa canta I Say A Little Prayer. Um pouco brega, mas que caiu perfeitamente no roteiro. Além do humor, existe muito romance, não tem como não sentir e se apaixonar por eles.

O roteiro aponta também muitas qualidades para a rival de Julia Roberts, fazendo inclusive a gente detestar, em alguns momentos, a obsessão dela. O que acaba sendo engraçado e romântico, pois expõe ainda mais o amor dos noivos e ajuda aceitar o final nada “feliz” porém justificável. Continuar lendo “O Casamento do Meu Melhor Amigo #100filmesquedevemosver”

Idas e Vindas do Amor #100filmesquenaoprecisamosver

Idas e Vindas do Amor pipoca, cafe e cinema

Eu gosto bastante de comedias românticas, mas este aqui é um que não indico.

Idas e Vindas do Amor é um filme de 2010, e para eu estar escrevendo dele aqui hoje é porque assisti ele recentemente. Sim, mas não porque eu gosto ou ache bom, e sim porque estava sem passar nada na tv e resolvi rever. Sem expectativas, pois já sabia que não era bom, e foi só para ter certeza mais uma vez rs.

Quando você vê o elenco desse filme até assusta, bastante nomes conhecidos juntos o que teria sido um sucesso se viesse junto de uma historia mais criativa e empolgante. Valentine’s Day, que é o titulo original, já diz muito sobre o que se trata. A historia se passa no dia dos namorados e conta como vários personagens passaram o dia e como algumas historias tem uma ligação, mas sem muita interferência. Continuar lendo “Idas e Vindas do Amor #100filmesquenaoprecisamosver”

Meu Namorado é um Zumbi / um cult adolescente que não é o épico sobre o amor e nem uma trama arrepiante de horror

Meu Namorado é um Zumbi

Esqueça tudo o que você já viu ou leu sobre os zumbis e vá assistir este filme, só assim você poderá gostar dele. Meu Namorado é um Zumbi (Warm Bodies) é um mistura pouco provável de uma apocalipse zumbi e comedia romântica. O próprio titulo já diz muito sobre este filme e a sua classificação também “Comédia”. Quando fui ver ele no cinema fui bem ciente do que se tratava, quem não conseguir incorporar isso não vai gostar do filme e vai sair do cinema comentando sobre The Walking Dead.

Do improvável ao certeiro, é isso que Jonathan Levine conseguiu dirigindo Meu Namorado é um Zumbi. O filme começa com muito humor, as reflexões hilárias de R (Nicholas Hoult) sobre sua condição de zumbi já valem o ingresso nos 30 primeiro minutos de filme. Partindo disso ele conhece Julie (Teresa Palmer), sua intenção inicial é come-lá (no sentido zumbi rs) mais antes ele encontra o namorado dela. Neste filme os zumbis não apenas matam sua fome comendo cérebros, mas também incorporam a memória de suas vítimas. E isso explica como um filme de zumbi se torna uma comedia romântica. Mas tem muitas outras novidades sobre os zumbis neste filme, mas vou evitar os spoilers. Continuar lendo “Meu Namorado é um Zumbi / um cult adolescente que não é o épico sobre o amor e nem uma trama arrepiante de horror”

Solteiros com Filhos / um golpe da barriga, só que ao contrário

Solteiros com Filhos / um golpe da barriga, só que ao contrario

Dois grandes amigos que resolvem ter um filho e juntos descobrem o amor, romantico né? Talvez, este filme até parece ser uma comedia romântica clássica, mas na verdade é o romance menos artificial e com a boca mais suja das comedias românticas.

Solteiros com Filhos (Friends With Kidsconta a historia de Julie (Jennifer Westfeldt) e Jason (Adam Scott) que são os melhores amigos um do outro, mas eles queriam muito ter um filho. Só que eles não curtem nem um pouco a confusão que as crianças trazem para os casais. Para isso, a solução encontrada pela dupla foi dar andamento a esta “produção”, mantendo apenas a grande amizade existente entre os dois. Continuar lendo “Solteiros com Filhos / um golpe da barriga, só que ao contrário”

O Homem do Futuro – você voltaria no tempo por amor?

O Homem do Futuro

Com uma historia simples, porem uma pouco complicada para desenrolar, O Homem do Futuro é o filme brasileiro com menos estilo de filme brasileiro que já assisti. Só isso já bastaria para me fazer adorar este filme, mais não para por ai.

O casal protagonista é sensacional. Wagner Moura interpreta, com ótima atuação, três versões do seu personagem. Sou muito fã do trabalho dele, que é sempre muito intenso e convincente.

Já da Alinne Moraes não posso dizer que sou super fã dos seus trabalhos, mais neste papel ela esta de parabéns. Eles dois como protagonistas foi com toda certeza uma ótima escolha, e suas atuações são as responsáveis pelo sucesso do filme. Continuar lendo “O Homem do Futuro – você voltaria no tempo por amor?”

Como Agarrar Meu Ex-Namorado – a caça SEM talento

Como Agarrar Meu Ex-Namorado

Nada mais que a versão ruim do filme “Caçador de Recompensas” de 2010. Não que o filme Caçador de Recompensas seja mil maravilhas, e não é, mais Gerard Butler e Jennifer Aniston como protagonistas já ajuda bastante. Além disso, Como Agarrar Meu Ex-Namorado é um filme “comédia romântica com ação” mais que não é engraçado, não tem boas cenas de ação e muito menos romântico.

Como Agarrar Meu Ex-Namorado conta a historia de Stephanie Plum (Katherine Heigl), uma divorciada desempregada que está no fundo do poço. Sem casa, sem carro e sem emprego, resolve então pedir ao seu primo um emprego de caçadora de recompensas. Para a sua surpresa, sua primeira missão é encontrar Joe Morelli (Jason O’Mara) um ex namorado do colegial. Joe é  um policial aposentado, super sedutor, que tirou a sua virgindade e desapareceu no dia seguinte.
Tendo em vista uma vingança pessoal, ela então resolve entrar de cabeça e conta com a ajuda do Ranger (Daniel Sunjata). Continuar lendo “Como Agarrar Meu Ex-Namorado – a caça SEM talento”

Footloose – o ritmo louco NUNCA deve acabar

Footloose

Footloose é um filme que discute sobre os direitos e a rebeldia dos jovens. Ele mostra como a repressão e a perda de entes queridos pode causar problemas e até mudar totalmente a vida de algumas pessoas. Tudo isso num filme com muita musica, dança, humor e romance.

O Filme Footloose  teve sua versão original em 1984, conhecido como Footloose – Ritmo Louco. Ele foi produzido com apenas oito milhões de dólares e faturou por volta de 80 milhões nas bilheterias. Na sua versão original, Kevin Bacon e a Lori Singer eram os atores principais. No seu remake temos Kenny Wormald e Julianne Hough estrelando como Ren McCormick e Ariel Moore.

No filme, após a morte de sua mãe Ren McCormick vai morar com o seu tio em uma pequena cidade do interior. Chegando na cidade, ele sofre com as mudanças de costumes e até mesmo com as leis. Para piorar um pouco, ele se envolve com a rebelde e piriguete Ariel Moore, a filha do reverendo Shawn Moore interpretado pelo Dennis Quaid. Apaixonado por musica e dança, ele vai enfrentar grandes problemas com o reverendo e os outros “conservadores” da cidade que consideram a dança e a musica um grave pecado. Como aliado, ele vai ter o grande amigo Willard (Miles Teller) que traz ao filme muito humor e até ajuda para lidar com o namorado da Ariel Moore. Continuar lendo “Footloose – o ritmo louco NUNCA deve acabar”