Dezesseis Luas #100filmesquenaoprecisamosver

Dezesseis Luas pipoca, cafe e cinema

A primeira coisa que você vai se lembrar quando ver a historia desse filme é da saga Crepúsculo. E acredite, apesar de algumas diferenças, posso afirmar que sem Crepúsculo o filme Dezesseis Luas não existiria.

Parece que virou moda transformar os monstros em mocinhos apaixonados, interpretados por atores não prestigiados com produções de baixo investimento. Achei que nunca fosse dizer isso, mas perto de Dezesseis Luas, Crepúsculo tem sim uma ótima historia. Na verdade o que sempre achei ruim nos filmes da saga Crepúsculo nunca foi a historia e sim a produção, já em Dezesseis Luas é ao contrario.

Como não quero passar o resto do texto só comparando os dois, apesar de não tem por causa das semelhanças. Vou direto ao ponto com os lados positivos e negativos do filme Dezesseis Luas (Beautiful Creatures). Continuar lendo “Dezesseis Luas #100filmesquenaoprecisamosver”

Anúncios

O Casamento do Meu Melhor Amigo #100filmesquedevemosver

O Casamento do Meu Melhor Amigo pipoca, café e cinema

Se você procura um romance com muitas cenas engraçadas recomendo O Casamento do Meu Melhor Amigo. Típico filme que não vai acrescentar muito, mas com certeza é do tipo que, se está passando na televisão, qualquer um para e assiste até o final.

São muitas cenas divertidas entre elas a do jantar,  que até virou um hit, em que toda a mesa canta I Say A Little Prayer. Um pouco brega, mas que caiu perfeitamente no roteiro. Além do humor, existe muito romance, não tem como não sentir e se apaixonar por eles.

O roteiro aponta também muitas qualidades para a rival de Julia Roberts, fazendo inclusive a gente detestar, em alguns momentos, a obsessão dela. O que acaba sendo engraçado e romântico, pois expõe ainda mais o amor dos noivos e ajuda aceitar o final nada “feliz” porém justificável. Continuar lendo “O Casamento do Meu Melhor Amigo #100filmesquedevemosver”

Idas e Vindas do Amor #100filmesquenaoprecisamosver

Idas e Vindas do Amor pipoca, cafe e cinema

Eu gosto bastante de comedias românticas, mas este aqui é um que não indico.

Idas e Vindas do Amor é um filme de 2010, e para eu estar escrevendo dele aqui hoje é porque assisti ele recentemente. Sim, mas não porque eu gosto ou ache bom, e sim porque estava sem passar nada na tv e resolvi rever. Sem expectativas, pois já sabia que não era bom, e foi só para ter certeza mais uma vez rs.

Quando você vê o elenco desse filme até assusta, bastante nomes conhecidos juntos o que teria sido um sucesso se viesse junto de uma historia mais criativa e empolgante. Valentine’s Day, que é o titulo original, já diz muito sobre o que se trata. A historia se passa no dia dos namorados e conta como vários personagens passaram o dia e como algumas historias tem uma ligação, mas sem muita interferência. Continuar lendo “Idas e Vindas do Amor #100filmesquenaoprecisamosver”

A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2 / O romance vampiresco mais amado (odiado) chegou ao fim

A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2

Existe um ditado que diz “Nunca julgue um livro pelo o seu filme” e quem já passou pela experiência de ler um livro e depois assistir o filme sabe o quanto essa frase é verdadeira. Mas também não há o que discutir, livros te fazem entrar na historia de uma forma que nenhum filme é capaz de fazer, e a riqueza de detalhes é um dos responsáveis por isso.

Antes de qualquer coisa vou deixar claro que eu não li nenhum livro da saga Crepúsculo, e que eu assisti este filme tem uns quatro meses, então nem tudo está fresco na minha memoria, mas como já tinha dado inicio ao texto resolvi terminar e publicar.

Como disse antes, eu não li nenhum livro e não sei ao fundo sobre este romance, há não ser o que já foi mostrado em seus filmes e o que minhas amigas que leram me contavam. E ai que pode estar o grande problema, um filme tão mediano como Crepúsculo ter milhões de fãs, para mim, se deve ao fato de que o livro deve encantar as leitoras. Só pode ser isso, porque nenhum dos filmes da saga me tocou, me fez ver este amor de uma forma extraordinária e empolgante. Muito pelo contrario, sempre achei o romance agua com açúcar, típico romance de “malhação” infantil e inalcançável. Digo isso não pelos vampiros e nem pelos lobos, e sim pelo amor em si que não me convenceu e nem me inspirou. Continuar lendo “A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2 / O romance vampiresco mais amado (odiado) chegou ao fim”

O Homem do Futuro – você voltaria no tempo por amor?

O Homem do Futuro

Com uma historia simples, porem uma pouco complicada para desenrolar, O Homem do Futuro é o filme brasileiro com menos estilo de filme brasileiro que já assisti. Só isso já bastaria para me fazer adorar este filme, mais não para por ai.

O casal protagonista é sensacional. Wagner Moura interpreta, com ótima atuação, três versões do seu personagem. Sou muito fã do trabalho dele, que é sempre muito intenso e convincente.

Já da Alinne Moraes não posso dizer que sou super fã dos seus trabalhos, mais neste papel ela esta de parabéns. Eles dois como protagonistas foi com toda certeza uma ótima escolha, e suas atuações são as responsáveis pelo sucesso do filme. Continuar lendo “O Homem do Futuro – você voltaria no tempo por amor?”

Para Sempre – o que o destino apagou, o amor reescreveu

Para Sempre

Para Sempre (The Vow), um filme baseado em uma historia real que mostra um casal apaixonado, que após um acidente, luta para salvar o casamento.

Page (Rachel McAdams) e Leo (Channing Tatum) um lindo casal que vive uma história de amor perfeita, até um grave acidente de carro que mudou a vida deles. Quando Page acorda no hospital, não consegue se lembrar de nada sobre o relacionamento deles. Leo tem a missão de reconquistá-la novamente para que possam viver o romance. Uma missão que será mais difícil do que ele espera.

O filme foi inspirado no livro Para Sempre, um livro baseado em fatos reais e escrito pelo próprio casal. Continuar lendo “Para Sempre – o que o destino apagou, o amor reescreveu”

Um Dia – as escolhas podem atrapalhar, mais nunca mudar o destino

Um Dia

Dizem que o destino nunca falha, este filme é a prova disto

Um Dia (One Day) conta a historia de Emma (Anne Hathaway) e Dexter (Jim Sturgees), eles se conhecem na faculdade, no dia 15 de Julho para ser mais exata, uma data que vai marcar para sempre a vida dos dois.

Era destinado que Emma e Dexter iriam ficar juntos, mais na primeira noite deles, eles resolvem não transar e serem amigos. Uma amizade que vai durar para a vida toda.

Em é visivelmente apaixonada pelo Dex, e acaba mantendo ele por perto como amigo, na esperança de um dia eles ficarem juntos de verdade. Um decisão bem dolorosa né?

Mais o destino não erra nunca, e é preciso 20 anos para que eles fiquem juntos realmente. Neste tempo, Dex se torna apresentador de TV, fica famoso e vive uma vida envolvida com muitas mulheres, festas e drogas.
Em trabalha num restaurante, vira professora e passas os dias tentando se tornar uma escritora reconhecida. Nesta fase do filme eu torci para que eles nunca ficassem juntos, pelo tipo de pessoa que ele se torna. Continuar lendo “Um Dia – as escolhas podem atrapalhar, mais nunca mudar o destino”